2 comentários:
De mil sorrisos a 27 de Julho de 2007 às 18:53
Grande verdade... Ninguém pode ser justo e objectivo sem se inteirar da situação a 100%, analisando-a de todos os ângulos. Ainda que no fim acerte na sua decisão, o processo não foi lícito. Grande Séneca! Estou contigo!
Beijos e mil sorrisos
:o))))))))


De Doce a 26 de Julho de 2007 às 10:05
Ninguém sabe tudo. E o motivo é simples: o universo é infinito. Ninguém pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo ou adivinhar o que as pessoas estão pensando... Em outras palavras faltam dados para a mente humana raciocinar... Diante disso só nos resta uma coisa: inserir uma variável inexistente para fechar a questão... O que quero dizer com isto tudo é que a mente humana insinua, sugere... E muitas dessas insinuações são negativas. Mas por mais reais que elas pareçam ser, ainda sim, são apenas insinuações: nada tem a ver com a realidade.
Dai a porta que nós próprios criamos nas nossas mentes e nos nossos coraçoes. Ou seja abrimo-la para o que nos dá jeito e insinuamos o que nao sabemos. Não é sempre; mas em geral os inimigos conseguem ver apenas os defeitos de uma pessoa. Os amigos ingênuos, as virtudes dessa mesma pessoa. Já as pessoas conscientes vêem a ambos.
É muito difícil diferenciar o que seja realidade do seja que força da sugestão, por isso mesmo de vez em quando é bom parar para pensar.



Comentar post