Quarta-feira, 16 de Maio de 2007

DESAFIO - Palavras há...

 

 

Para comemorar as 1000 espreitadelas no Porta da Vila (nunca pensei chegar a este numero em 10 dias, uiiiiiiiiii que feliz estou), venho fazer um Desafio a todos/as. Para que todos juntos consigamos fazer algo diferente… Peço o favor, repito, peço o favor de quem for lendo este Post, deixar uma ou mais frases no seguimento deste esboço de “poema” que tem com a finalidade falar sobre as palavras. S.f.f. de participarem e contribuírem. Eu vou acrescentando no Post o que me for chegando. Quero o meu cantinho com “acção”, interactivo e participativo, já sabem como eu sou, isto não é só espreitar, ah pois não… há que por a imaginação e os dedos a funcionarem ahahahaah… Está lançado o desafio, agora fico na expectativa, fico mesmo na expectativa de que todos juntos consigamos fazer algo engraçado, conto com a vossa generosa participação…

(um sorriso …)

 


(começam a chegar contributos)

 


Palavras há…

Há palavras boas e más…
Há palavras que nos beijam,
Outras há, que nos arranham…
Há palavras que nos mimam, e nos acariciam,
E as que nos ferem e nos agride.
Existem algumas que nos agasalham o frio do espírito,
Há outras que nos chegam ao coração,
Mas também as há que nos insultam a alma,
E as que nos deixam desgostosos!!!…
Uma soam bem, outras que soam mal…
Há-as com graça, e as ousadas,
As de atrevimento e as envergonhadas…

Há silêncios que valem mais que 1000 palavras...

E há imagens que falam por si ...

Há palavras que nos beijam...

Palavras que nos magoam....

Palavras que não são ditas e só por isso bastam...

Palavras que nos fazem sorrir desalmadamente ou chorar como crianças...

Há palavras silenciosas e gritos surdos...

Palavras que sorriem e choram!!!

Palavras que nos deixam inseguros...

Há palavras que nos matam,

Palavras que nos apagam,

Palavras de sangue e de terror,

Palavras de ódio e de amor.

Palavras leva-as o vento.

Há palavras que ficaram por dizer...

Há gestos que queriamos fazer.



..................... (esta é a vossa deixa) ......................

 

 

 

 

sinto-me:

publicado por SV às 23:16
| comentar
13 comentários:
De Doce a 6 de Junho de 2007 às 09:52
Palavras - esse silêncio


As pessoas destroem-se nas palavras que dizem. Quando tudo é ainda pensamento, conflito interior ou ignorância do que irá provocar nos outros, as palavras apenas agridem a consciência de quem as pensa. A forma verbal de relacionar com o outro é tudo menos pacífica. O uso excessivo das palavras deixa pela vida marcas de profunda destruição. O silêncio pode ser entendido como uma arma em posição de defesa. Mas numa discussão sobre as causas humanas, a agressão nunca respeita o silêncio. As palavras que se dizem e o silêncio que se envolve entre as pessoas, são instrumentos do mesmo desespero.


De Anónimo a 21 de Maio de 2007 às 11:14
Há momentos que nunca esquecemos!
A primeira troca de olhares
As primeiras palavras
O primeiro beijo
O perfume que usava
O quanto andamos pra lá chegar
A confiança que existe entre ambos
As conversas que trocámos
Onde jantámos pela primeira vez
Os bares onde ouvimos musica
E por fim, a cama onde dormimos
Há momentos que nunca esquecemos
Há alguém que nunca esquecemos
Há palavras que ficaram por dizer
Há gestos que queriamos fazer
Há sonhos que queriamos concretizar
No fundo...
Haja esperança
Paz, amor, carinho e respeito.


De Essencia a 21 de Maio de 2007 às 02:04
PALAVRAS...Leva-as o vento
Beijo grande

Essencia


De SV a 20 de Maio de 2007 às 13:37
Mocas, toda, PrincessFabiana, mil sorrisos, Desconhecido.. quero agradecer desde já o vosso contributo!
Vamos aguardar outros e ver no que dá...
Eu estou a gostar do resultado...
Beijos e sorrisos!


De mil sorrisos a 19 de Maio de 2007 às 19:46
Está a ficar um must. Excelente ideia!
Beijos e bom fim de semana
:o))


De toda a 18 de Maio de 2007 às 14:02
Há palavras que nos matam
Palavras que nos apagam
Palavras de sangue e de terror
Palavras de ódio e de amor

Beijos, amiga


De toda a 18 de Maio de 2007 às 14:01
Há palavras que nos matam
Palavras que nos apagam
Palavras de sangue e de terror
Palavras de ódio e de amor


De Anónimo a 18 de Maio de 2007 às 11:18
Hoje comi um pouco de saudade, mas sem o tempero que arde, sem o gosto do poder.
Comi o som de saber que sentir o que sinto é a melhor coisa que existe e a certeza de querer arder, fazendo-me louco, espumando de desejo a vida toda viva até morrer de paixão. Fortalece-me nas duvidas de que sou meu e me mantem na insanidade de ser teu.
Isso alimenta-me o corpo, a alma e o coração.


De SV a 20 de Maio de 2007 às 13:29
Anomino, que lindas palavras, bem vindo/a ao meu cantinho! Agora falta o contributo, e esse espero que o deixes para eu acrescentar!!! Aliás tenho a certeza que o farás ;-)
Um sorriso


De PrincessFabiana a 18 de Maio de 2007 às 08:45
Está a ficar lindissimo:)
Bom fim de semana .. já te linkei se kiseres terei todo o gosto em ke me linkes também:)
Beijo enorme
Fabi *********


De Mocas a 17 de Maio de 2007 às 09:39
E há silêncios que valem mais que 1000 palavras ...
E há imagens que falam por si ...


Comentar post

Fotografar é...

...escrever com o coração e ler com a alma.

Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30

31


Links

Posts recentes

O Caminho da minha Impuls...

Amigo

Vale a pena lutar?

Sentes, Pensas e Sabes qu...

Destino, Acaso ou Coincid...

Precious

Oceano Nox - Um bramido

O Mar Agita-se, como um A...

O Sorriso

(para mim) Será Eterna...

Arquivos

Julho 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 2 seguidores