De Doce a 15 de Maio de 2007 às 10:43
Nem em sonhos loucos
Nem em devaneios
Pensei que pudesse acontecer

Sem permissão ou pressão, desabrochou
A palavra... a gentileza... cativava.
Motivava.

Quando me dei conta...
Sua falta eu já sentia
A presença me trazia alegria
Meu coração batia...
Aconteceu...

Tempo perdido!
Jamais...
A alegria...
A espera...
O nervosismo...
O nao saber como começar as frases...
Tempo perdido! Jamais...


De SV a 20 de Maio de 2007 às 13:20
Doce, cada vez mais sem palavras!!! desafio-te a mandares-me textos para eu "postar", que achas? Parece-me que escreves de coração, e eu adoro isso! Sabes que adorei a frase: "Tempo perdido! Jamais..." ;-)
Um sorriso!


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres