Domingo, 24 de Outubro de 2010

Precious

 

 

Musica - Precious

 

"Três tipos de amizade são vantajosos e três tipos de amizade são nocivos. A amizade com um homem que fala sem rodeios, a amizade com um homem sincero, a amizade com um homem de grande saber, esses três tipos de amizade são úteis. A amizade com um homem acostumado a enganar por uma falsa aparência de honestidade, a amizade com um homem hábil para adular, a amizade com um homem que fala bonito, esses três tipos de amizade são nocivos."

(Confúcio, in 'A Sabedoria de Confúcio')

 

(A Amizade é um o sentimento precioso e grandioso... Amizade é magia, é respeitar, é ter consideração... é dar e receber, é partilhar...é tanto, é tudo...sem nunca ser muito. Eu ainda sou daquelas pessoas que considero que um Amigo me enriquece. Estimo-os, admiro-os, considero-os...mas acima de tudo RESPEITO-OS e tenho-lhe consideração. 

Acho cada vez mais raro encontrar um Amigo, que tenha as três primeiras características que Confúcio (é um pensador que leio muito). Nada é mais agradável à alma do que uma Amizade terna e fiel. É tão bom encontrarmos corações atenciosos, nos quais podes confiar os teus segredos sem perigo...cujas palavras suavizam as nossas inquietações, cujos conselhos facilitam as nossas decisões, cuja alegria apazigua a nossa tristeza, cuja simples aparição te deixa radiante, cuja voz nos acalma, nos serena, nos tranquiliza...

A foto que associei a este texto é muito particular, intitulei-a "Precious".  Foi uma foto que tirei na Ilha de Reunião em Setembro 2010 e que demorou algum tempo até eu conseguir este efeito. Fui preciso muita paciência (raro em mim), e o meu pensamento estava realmente em algo "Precious", para ter essa paciência e tranquilidade necessárias. Depois, foi também preciso a preciosa ajuda do vento.

Depois... depois, tudo aconteceu naturalmente... surgiu esta foto, que quando olho para ela penso, no prazer que na altura me deu quando a tirei. E agora? E agora quando voltei a olha-la decidi fazer um post. E neste momento quando a olhei o que senti? Bem, prefiro ficar com esse sentimento só para mim... no entanto decidi dedicar-lhe um post...Um "Precious" post.

Mas, ainda hoje continuo a pensar no imenso e intenso prazer que na altura tive, em eternizar aquele momento. Há momentos, que valem o que vale, e aquele foi único! Este ficou eternizado através da minha lente e da minha sensibilidade. Sensibilidade essa que, foi pura inspiração que me veio daquele "Precious" pensamento.)

 (Um Sorriso)

música: Depeche Mode - Precious

publicado por SV às 19:37
| comentar
Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Oceano Nox - Um bramido

 

 Musica - All waters have the colour of drowning

 

"Junto do mar, que erguia gravemente
A trágica voz rouca, enquanto o vento
Passava como o vôo do pensamento
Que busca e hesita, inquieto e intermitente,

Junto do mar sentei-me tristemente,
Olhando o céu pesado e nevoento,
E interroguei, cismando, esse lamento
Que saía das coisas, vagamente...

Que inquieto desejo vos tortura,
Seres elementares, força obscura?
Em volta de que idéia gravitais?

Mas na imensa extensão, onde se esconde
O Inconsciente imortal, só me responde
Um bramido, um queixume, e nada mais..."

(Antero de Quental, in "Sonetos")

 

(A intensidade envolve-me os sentidos cada vez que pego na minha maquina e clico cenários como estes. Estes momentos, tem a capacidade de me apaziguar os turbilhões de emoções e sentimentos que existem dentro de mim e trazem-me tranquilidade e paz...Tudo que é uma nova oportunidade deve sempre ser tida em consideração, por isso não dispenso o ir à luta, à descoberta, do que me envolve os sentidos e os sentimentos. Uma dia destes li algures qualquer coisa assim: "Cobardia também é uma qualidade de quem não assume alguns sentimentos, pois mais tarde podem vir a magoar...". Eu acho sinceramente que cobardia é mesmo não assumir os sentimentos que vivem, e muitas vezes se escondem dentro de nós.

Às vezes dou comigo a pensar: ...Falo demais? Às Vezes. ...Digo disparares? Muitas (tantas) Vezes. Mas sou SEMPRE eu, autêntica e verdadeira. Digo o que me vai na Alma. Digo o que sinto, mas acima de tudo, sinto sempre TUDO o que digo... Não escondo nada do que sou. Não escondo sentimentos. E cada vez mais valorizo os sentimentos puros e verdadeiros que tenho dentro de mim. Por estas e outras razões que trago dentro de mim um turbilhão de emoções e sentimentos que me inquietam e me revoltam quando vejo a injustiça e o egoísmo em que se transformou esta sociedade. E eu sei qual é o meu grande problema, é que quero coisas simples, no entanto pareço exigente e isso tem-me trazido tantos dissabores... Enfim sou como sou. Eu, sempre eu e nada mais...)

(Um Sorriso)


publicado por SV às 23:29
| comentar | ver comentários (2)

Fotografar é...

...escrever com o coração e ler com a alma.

As horas...

Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30

31


Links

Posts recentes

O Caminho da minha Impuls...

Amigo

Vale a pena lutar?

Sentes, Pensas e Sabes qu...

Destino, Acaso ou Coincid...

Precious

Oceano Nox - Um bramido

O Mar Agita-se, como um A...

O Sorriso

(para mim) Será Eterna...

Desde 04/05/2007:

Arquivos

Julho 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 2 seguidores