1 comentário:
De Eu a 15 de Setembro de 2008 às 00:12
Havia um caminho a percorrer, era imprevisivel, mas ao mesmo tempo, apetecivel...
Um caminho de mistérios e magia.
Quando o encontrei, a magia se tornou em algo palpavel e sensivel (som, imagem e sentimento...), e o imprevisivel em algo bem real.
Afinal o caminho era uma encuzilhada de sentimentos escondidos, em que o medo do desconhecido se tornou numa alegre vivência.
Novos caminhos se planeiam para que o rumo seja o caminho da felicidade, ou pelo menos, que seja uma "story" que ajude a tal.

http://www.youtube.com/watch?v=qQ3qJmgktS0

Ass: Eu


Comentar post