Quinta-feira, 27 de Março de 2008

A estrada irreversível...

 

 

"O tempo é teu capital; tens de o saber utilizar. Perder tempo é estragar a vida."

(Kafka)

 

(Existem momentos nas nossas vida, em que as decisões têm que ser tomadas. Pois hoje, foi um desses dias. Sou por normal uma pessoa habituada a ter que toma-las. Tenho consciência que todas as decisões têm dois lados: um positivo, outro negativo. Tive o cuidado de "pesar" esses dois lados, numa balança imparcial, de forma a me sobrarem poucas ou nenhumas dúvidas. Mas, como sei, que "perder tempo é mesmo estragar a vida", está tomada e é irreversivel! Basta-me agora, sorrir, e caminhar pela estrada da vida, sem voltar a olhar para trás, e me questionar, o porquê...)

(Um Sorriso)


publicado por SV às 18:20
| comentar
3 comentários:
De Anónimo a 13 de Abril de 2008 às 11:35
Bravo minha amiga!
Este é dos teus pensamentos partilhados q mais gosto :)
Penso que para tomarmos decisões irreversíveis foi necessário ter essa consciência de "perda de tempo", e atrevo-me a dizer que a perda passada pode ser um ganho futuro.
Não é internamente pacífico tais tomadas de decisão, mas com o percorrer da estrada pacificamos!
Boa viagem nesse teu novo olhar estrada fora e um beijo da mané :))


De Doce a 31 de Março de 2008 às 14:14
Estive repensando o passado,
procurando novos rumos para o futuro,
quero dar nova dimensão à vida,
devem existir novas palavras
para definir velhos sonhos.

Nos meus arquivos arqueológicos,
não encontrei tesouros,
não nasci de sangue azul,
estou livre das virtudes e dos pecados
de papas e reis, de príncipes e fidalgos.

Fui feito do barro comum
onde crescem novas safras,
onde temos garantia de eternidade,
onde temos dias de chuva e dias de sol,
noites de tristeza e manhãs de alegrias.

Com um punhado de sonhos no coração
e desejo de descobrir novos mundos,
andei por perigosos caminhos,
voei por nublados e distantes céus,
naveguei grandes oceanos de incertezas.

Meus olhos descobriram novas paisagens,
meus ouvidos decifraram antigas mensagens.
No arrulho de pombos
e no uivo do leão em cio,
aprendi linguagens de ternura e de paixão.

No fim da longa jornada, encontro o novo céu que as minhas asas procuravam.
Não irei falar do meu passado,
quero conhecer as maravilhas do teu mundo,
Quero conhecer o futuro com que sonhas...
(Joseph de Sousa)


De um dos de mim a 29 de Março de 2008 às 15:48
Kafka é excelente... e essa citação, é Kafka!
Não sei do que falas, nem tenho intenção de saber... mas, se me permites, o positivo e o negativo depende sempre da perspectiva pela qual se observa a situação.

Fica bem, e obrigado por me relembras que Kafka é quem é...


Comentar post

Fotografar é...

...escrever com o coração e ler com a alma.

Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30

31


Links

Posts recentes

O Caminho da minha Impuls...

Amigo

Vale a pena lutar?

Sentes, Pensas e Sabes qu...

Destino, Acaso ou Coincid...

Precious

Oceano Nox - Um bramido

O Mar Agita-se, como um A...

O Sorriso

(para mim) Será Eterna...

Arquivos

Julho 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 2 seguidores