1 comentário:
De Doce a 15 de Março de 2008 às 10:44
O SOL

O sol agora não mais distante, encontra os amantes,
que adormecidos estão, molhados com seu amor
nem percebem que a noite longe agora se encontra.
O sol que muito amigo da Lua é,
querendo deixar os amantes mais tempo juntos,
pede a Lua; não vá agora, espere que eles despertem...
Se você partir, terei que chegar, e a eles acordar
eles sonham...que direito temos de interferir?
Deixe-os assim, embalados nesse encanto,
banhados pelo mar e suados de tanto amar,
assim juntos num só corpo...
nenhuma pressa tenho eu de cá estar...
A Lua, arrependida de ter sentido ciúmes,
lembra que pra ela, os amantes apelam...
envergonhada de seu egoísmo,
fica quietinha lá num cantinho bem no alto,
sente no fundo uma grande inveja dos enamorados,
e deixa-os um pouco mais à sonhar...

(Hercília Siqueira)


Comentar post